04 outubro, 2013

LER DÁ SONO ?

 
Quantas vezes você já tentou iniciar, finalizar, ou continuar uma leitura e acabou pegando no sono? A maioria das pessoas que conheço me dizem "estava tentando ler, mas acabei dormindo", isso realmente acontece bastante.
 
Pensando nisso, resolvi pesquisar um pouquinho sobre o assunto e descobri alguns fatores importantes, que explicam e podem nos ajudara combater o sono no momento da leitura.
 
O que causa o sono não é ler um livro, mas substâncias químicas que agem no corpo.
Uma delas é a adenosina, que se acumula ao longo do dia. Quanto mais adenosina, maior o sono. 
A segunda substância envolvida é a melatonina. Ela regula o sono, pois é liberada quando o ambiente escurece. Por isso dormimos, normalmente, à noite.
 
O problema, na verdade, é a hora da leitura. É bom experimentar ler em outro horário.
Como a luz inibe a produção de melatonina, quem lê no tablet, por exemplo, tende a sentir menos sono do que quem lê no papel.
 
É por esse mesmo motivo que é mais fácil passar horas na internet ou vendo televisão do que ler um bom livro de madrugada. 

Três dicas para não dormir e colocar a leitura em dia

Começou a bocejar? Levante e dê uns pulinhos. Estar acordado é reagir a estímulos, e esse pequeno exercício nada mais é do que um estímulo motor.
 
Ler em voz alta exercita outras partes do cérebro, como o lobo temporal (relacionado à audição) e o lobo frontal (relacionado à produção da fala), e vai acabar com aquela preguiça momentânea.
 
Leia sentado. A não ser que você tenha problema na coluna, é mais difícil dormir sentado do que deitado, já que, para dormir, é preciso relaxar toda a musculatura, o que não ocorre sentado (só as vezes).


Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário