21 novembro, 2013

E Se Fosse Verdade... - Marc Levy


Título: E Se Fosse Verdade...
Autor: Marc Levy
Editora:  Suma de Letras
Páginas: 228

Lauren, uma jovem estudante de medicina, em um dia de folga resolve viajar para encontrar alguns amigos, porém antes de chegar ao seu destino, sofre um grave acidente de carro.
Arthur Aluga um apartamento, e certo dia, enquanto toma banho, ele encontra uma mulher escondida no armário do banheiro. Isso, por si só já é estranho, mas o problema é que a mulher, que se diz chamar Lauren, se mostra surpresa ao descobrir que ele consegue enxergá-la, e afirma que ninguém mais consegue vê-la, pois na verdade está em coma em um hospital.

De início Arthur não acredita, ele pensa que a mulher é completamente louca. Mas ele acaba percebendo que a história de Lauren é verdade, e os dois passam a conviver diariamente. O problema é que eles precisam encontram uma maneira de Lauren retornar ao seu corpo, e isso tem que ser rápido ou será tarde demais.

 “O que vou contar não é fácil de ouvir, pois é meio inverossímil, mas se puder escutar minha história, se puder confiar em mim, talvez acabe acreditando e seria muito importante, pois, mesmo sem saber, é a única pessoa no mundo com quem posso dividir esse segredo.”

Esse é o livro que deu origem ao filme “E Se Fosse Verdade”. Que eu já assisti trilhões de vezes e nunca me canso de assistir novamente.
Assim como o filme, a história do livro é maravilhosa, mas com algumas diferenças.

“Os sonhos que se vivem a dois são os mais bonitos.”

Marc Levy, mostra a história de uma forma muito tocante, centrado principalmente na história de Arthur (que eu vi uma diferença enorme para o filme, onde não se foca muito da vida dele).

A leitura é gostosa, divertida, romântica, não há como parar de ler. Mesmo tendo alguns termos técnicos sobre a questão da medicina, não se torna uma leitura difícil.

“O amanhã é um mistério para todo mundo, um mistério que deve provocar riso e vontade, nunca medo e recusa.”

Esse livro já faz parte dos meus favoritos.
A forma como o livro foi finalizado, será ótimo ter uma continuação, fiquei muito curiosa sobre o que pode vir a acontecer da história de Lauren e Arthur. E o mais importante é que precisa ser tão bom quanto o primeiro.
Amei o livro!

“A solidão é um jardim em que a alma se resseca com flores que crescem sem perfume.”

Recomendado com certeza!
Descobri a pouco tempo que o livro possui uma sequência chamada “Encontrar Você”, foi lançado pela Bertrand Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário