21 abril, 2014

Resenha - Em Chamas - Suzanne Collins

Título: Em Chamas
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 413

Katiness sabe que algo está errado, e para confirmar suas suspeitas eis que surge uma ameaça vinda diretamente do Presidente Snow. Se ele continuar não acreditando que o amor que Katiness e Peeta sentem um pelo outro é verdadeiro, todos quem ela ama estarão em perigo.

Katiness passa a ser vigiada por todos os pacificadores, não pode mais ir caçar, ir ao prego, passar um tempo com Gale, ou fazer qualquer coisa que estava acostumada a fazer antes sem ser vigiada.

“– Vamos começar com uma coisa mais básica. Não é estranho o fato de eu saber que você arriscaria a sua vida para salvar a minha... e ao mesmo tempo não saber qual é a sua cor favorita? – diz ele.”

Katiness sai com Peeta e a equipe da produção na Turnê dos vitoriosos, apesar de tentar fazer tudo o que lhe é pedido, sua feição não nega a todos que os assistem o quanto tudo aquilo é treinado e mentiroso.

“...Gale é meu. Eu sou dele. Qualquer outra coisa é impensável. Por que terá sido necessário que sua vida ficasse a um centímetro de se extinguir sob aquele chicote para que eu pudesse enxergar isso?”

A cada 25 anos de Jogos Vorazes são feita uma edição especial de comemoração.

“...para que os rebeldes não se esqueçam de que até mesmo o mais forte dentre eles não pode superar o poder da Capital...”

É divulgada então a 75º edição dos Jogos Vorazes, aniversário de mais 25 anos. E para a surpresa de todos, principalmente de Katiness que está fazendo de tudo para agradar o presidente Snow, é uma surpresa nada favorável.

“Não se preocupe. Eu sempre canalizo as minhas emoções para o trabalho. Assim, não causo mal nenhum a ninguém além de mim mesmo.”

Adorei Jogos Vorazes, mas Em Chamas me ganhou!

A luta de Katiness contra a capital está só começando e nossa heroína vai mostrar que por pior que seja a situação, ela está disposta a salvar todos quem ela ama.


A leitura foi tão rápida e empolgante que eu mal acreditei que havia acabado. É aquele tipo de história que quando achamos que não pode ficar mais intenso, fica!

Beijos 
Dri

Nenhum comentário:

Postar um comentário