29 julho, 2014

Resenha - Diário de Uma Paixão - Nicholas Sparks

Título: Diário de Uma Paixão
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Páginas: 244

SINOPSE: "Os românticos chamariam isso de uma história de amor, os cínicos diriam que é uma tragédia. Na minha cabeça, as duas versões se completam, no fim das contas, qualquer que seja a versão escolhida para encarar este relato, nada altera o fato de que ele abrange uma grande parte da minha vida e do caminho que escolhi trilhar. Não tenho nenhuma queixa a fazer quanto ao meu percurso e aos lugares onde ele me levou; talvez sobre outas coisas eu tenha reclamações, suficientes para encher uma tenda de circo, mas o caminho que escolhi tem sido sempre o certo, e tampouco gostaria que tivesse sido de outro jeito."
A história começa no início de outubro de 1946, quando dois jovens, Noah Calhoun e Allison Nelson, se conhecem e se apaixonam perdidamente. Tudo parece perfeito até que a família de Allie a impede de continuar a vê-lo devido à enorme diferença de classe social entre os jovens.
Diário de uma Paixão foi originalmente inspirado na história dos avós da esposa de Nicholas. Quando o autor os conheceu, eles já estavam casados há mais de 60 anos. O amor verdadeiro em si, o carinho e a devoção se sobrepõem às mudanças inevitáveis do tempo, que afetam a todos nós.

Uma história linda e Romântica desde o início.

"Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou."

Allie e Noah se conheceram ainda jovens estão casados a ?? anos e tem um dos amores mais lindos, profundo e verdadeiro que já vi.

A história é narrada por Noah, desde que descobriu que sua esposa tem o mal de Alzheimer passou a ler todas as noites para ela o diário deles, conta para ela como se fosse uma história, uma ficção para tentar fazer com que Allie se lembre dele, da vida deles.


“- Por que você está me olhando desse jeito?
- Só lembranças...
 Eu me apaixonei por ela enquanto estávamos juntos, e me apaixonei ainda mais nos anos em que ficamos separados.”

O amor, a devoção que Noah sente por Allie é maravilhoso, não desiste dela por um segundo, desde jovem quando se conheceram até bem mais velhos, as dificuldades não são as mesmas, mas o amor deles apenas cresce.

Embora eu ame histórias de romance, acho que esse livro algumas vezes, ficou um pouco parado e cansativo.

“A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham sido e sempre serão. Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos. E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos. Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá.”

Adorei a história, é linda sim!

Sem dúvida alguma eu indico para que mais pessoas leiam e possam acompanhar essa linda história de amor, mas já aviso que é um pouco parado.

Os detalhes que Nicholas Sparks explora a cada cena, nos faz sentir, presenciar essa linda história.


“É a possibilidade que me faz continuar e não a certeza. ... E embora me possam chamar sonhadora, louca ou qualquer outra coisa, acredito que tudo é possível”


Confiram esses e outro títulos no Orelha de Livro
Beijos
Dri

16 julho, 2014

Resenha - Um Olhar de Amor - Bella Andre

Título: Um Olhar de Amor
Autora: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Páginas: 247

SINOPSE: Chloe Peterson está tendo uma noite ruim. Uma noite realmente ruim. O machucado grande em sua bochecha pode provar isso. E quando seu carro patina para fora da estrada molhada em direção a uma vala, ela está convencida de que até o cara maravilhoso que a salvou do meio da tempestade deve ser muito bom para ser verdade.
Ou ele é mesmo? Por ser um fotógrafo de sucesso que viaja frequentemente pelo mundo, Chase Sullivan tem seu jeito com mulheres bonitas, e quando ele está em casa, em São Francisco, um de seus sete irmãos normalmente está acordado para começar um pouco de diversão.
Chase acha que sua vida é ótima do jeito que está — até a noite que encontra Chloe e seu carro destruído na rodovia Napa Valley. Não apenas nunca tinha conhecido alguém tão adorável, por dentro e por fora, mas como também percebe que ela tem problemas maiores do que seu carro batido.
Logo, ele será capaz de mover montanhas por amor — e proteção — a ela, mas ela deixará? Chloe prometeu nunca cometer o erro de confiar em um homem novamente. Mas a cada olhar que Chase lança a ela — e a cada carinho doce e pecaminoso — conforme a atração entre eles sai faísca e esquenta, ela não pode fazer nada a não ser se perguntar se encontrou a única exceção. E apesar de Chase não perceber que sua vida mudaria para sempre em um instante, para melhor, ele não é o único a querer lutar por essa mudança.
Ao contrário, ele está se preparando para uma luta... pelo coração de Chloe.

Clase e Chloe se conheceram de uma forma um tanto inusitada.

Chase em uma tarde, estava na estrada em seu carro, em meio a uma forte chuva, quando se deparou com um carro em uma valeta e uma mulher um pouco a frente, andando no meio da estrada.

Ele não pensou duas vezes, como um cavaleiro que é desceu do carro e foi ao encontro da mulher, Chloe, e sua primeiro conclusão foi que mesmo estando ferida, ela era uma bela mulher.

Chase se ofereceu para ajudá-la, percebeu que ela não tinha onde ir e ofereceu leva-la a casa de hospedes de seu irmão, para que ela pudesse se organizar e se cuidar até tomar uma providência melhor.

A todo momento Chase percebeu a frieza com que Chloe o tratava e não parecia ser apenas por ter acabado de conhecê-lo, afinal o que será que Chloe escondia?

Chloe acabou aceitando a oferta, mas logo percebeu eu erro.

"Ela o observou por bastante tempo. O granizo caía entre eles, ao redor deles, sobre eles. Chase percebeu que prendia a respiração, esperando a decisão dela. Não deveria se importar com o que ela fizesse. No entanto, por algum estranho motivo, ele se importava"

O que era uma ajuda poderia se tornar uma paixão, coisa que ela não queria tão cedo. Se sentia abalada pelo passado que ainda era tão próximo e não se considerava pronta para descobrir se Chase a desejava e de que forma.

Pode se dizer que é um pouco clichê, um homem maravilhoso e uma mulher linda se encontram em uma situação atípica e quando percebem já estão bem envolvidos, mas não é bem assim, é mais ou menos assim rs

"Diga, Chloe. Diga-me o que você quer. Deixe-me lhe dar isso. Dê isso a si mesma"

É um romance lindo, mas que não é aquele tradicional água com açúcar, é um romance maravilhoso, que te faz devorar as páginas na mesma intensidade da paixão que Chase e Chloe sentem um pelo outro.

Chloe não quer ceder, por mais que esteja em uma luta constante com ela mesma.

Chase não aguenta de tanta vontade de estar junto de Chloe, mas espera que no final das contas ela ceda.
Nessa luta interna de paixão de ambos os lados é que se desenrola a história de um dos lindo irmãos Sullivan.

Esta é a história de um dos irmãos Sullivan que são em oito irmãos, e se não estou enganada a autora escreveu um livro para cada irmão.

"- Quem é? - ela sussurrou de volta, embora não soubesse porque falavam tão baixo.
- É o Marcus. - Jeremy respondeu em tom de reverência.
Nossa! Aquele era o irmão de Chase? Havia seis deles?"

Já li alguns livros no gênero adulto e sem dúvidas este foi o melhor até o momento.

OBS: Este não é um livro que eu compraria pela capa, não sou muito fã de livros com “personagens” nas capas, mas ainda bem que foi uma indicação e não me atentei somente a capa. Percebo, que agora nas capas da maioria dos livros nesse gênero “Adulto” tem “personagens”. O importante é que as histórias sejam ótimas ;)

"Oh merda. Ela tinha acabado de se matar colocando tudo para fora na linha e ele estava indo para ser honrado mais uma vez, não era?
Não, não, não!
- Beije-me outra vez.
- Prometi a mim mesmo que não iria tomar qualquer coisa de que você não quisesse dar.'
- Eu quero te beijar. Quero que você me beije. Todo o dia queria que você me beijasse.'
- Foda-se.'
Ela mordeu o lábio antes de forçar-se a expressar seus pensamentos em voz alta: 'Essa é a ideia'."

Beijos Dri


15 julho, 2014

Nova parceria - Sergio Pereira - Saga Eternos


Olá pessoal!
Tudo bem com vocês?

Hoje vim aqui dar uma ótima noticia!

Fechamos parceria com o autor da "Saga Eternos" \o/




O primeiro livro chama-se "Enviada"

E enquanto não temos a resenha, ficamos com a sinopse ;)
Estou ansiosa para essa leitura, gosto muito de "leitura fantástica", anjos, demônios, vampiros, esse tipo de coisa rs

Sinopse:

Tudo havia se tornado turvo em minha mente. Talvez fosse mais um dos meus sonhos esquisitos. Porém, não era. Frederik perdera suas asas. Meu Anjo se fora para talvez nunca mais voltar para mim. Eu tinha que me convencer que ele estava realmente morto... Angela Petre, uma doce garota de dezesseis anos marcada pela extrema preocupação de sua mãe em mantê-la sã e salva, sonha em encontrar seu par perfeito até conhecer Frederik, o primo de sua melhor amiga. Mas tudo leva a um rumo não imaginado por ela: Frederik é morto diante dos seus olhos em pleno Ano Novo. A tremenda mudança de rotina a leva a sair de Viena, na Áustria, para viver no Rio de Janeiro por ordem de uma misteriosa mulher, ou melhor, de um Arcanjo, que lhe conta toda a sua verdadeira origem e o porquê das suas mudanças repentinas de cidades e cidades. Na Cidade Maravilhosa, Angela conhece Dimitri Costa, seu mais novo amigo, que mais parece seu Anjo da Guarda e Gustav Reltih, um garoto misterioso que oculta em seus olhos negros um grande segredo que ela insiste em descobrir. Logo, os três formam um triângulo amoroso, então, ela se vê diante de uma escolha que nunca poderia dizer que faria um dia: escolher o Bem ou o Mal? Qual lado escolher e qual saber o certo?

Beijos
Dri

08 julho, 2014

Resenha - O Beijo das Sombras - Academia de Vampiros - Vol. 1 - Richelle Mead

Título: O Beijo das Sombras - Academia de Vampiros - Vol. 1
Autora: Richelle Mead
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 320

SINOPSE: Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. 
Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. 
Mas isso é só o começo. Em O Beijo das Sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar? 
Richelle Mead dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses cativantes personagens.

A história é narrada em primeira pessoa por Rose Hathaway.

Rose uma dampira, (meio humana e meio Moroi), que está sendo treinada para se tornar guardiã, proteger os Moroi dos Strigoi.

Os Strigoi são uma espécie de vampiros malignos, que foram mortos contra ou não a sua vontade e transformados em Strigoi. Eles se alimentam de humanos, dampiros ou Moroi, mas o sangue dos Morois são quem o conservam melhor.

“É, bem, todos nós temos que fazer coisas das quais não gostamos. É a vida.”

 Rose não está destinada a ser guardião de qualquer moroi, mas sim de Lissa Dragomir, sua melhor amiga e a última integrante de uma das doze famílias reais dos vampiros Moroi, a família Dragomir.

Rose e Lissa compartilham de um laço, o que facilita muito para Rose protege-la, afinal em alguns momentos ela consegue simplesmente ver os acontecimentos do ponto de vista de Lissa.

“Eu na verdade tinha um respeito saudável por qualquer pessoa que encarasse um dia inteiro de trabalho, não importava de que tipo fosse”

Rose na intenção de manter Lissa segura foge com ela e ambas passam dois anos fora do colégio, fugindo dos perigos e sobrevivendo a seus próprios modos, até que um dia alguns guardiões da São Vladimir as encontra e as levam de volta ao colégio.

Agora ambas terão que enfrentar as fofocas e olhares maldosos em suas direções sobre a fuga, fora que o perigo ainda está por ai, mesmo estando no São Vladimir, um dos lugares mais seguros para os Moroi.

Para se redimir e tentar acompanhar a turma de novos guardiões, Rose terá que fazer treinos extras com o guardião Dimitri Belikov. Um dos melhores e mais respeitosos guardiões, que foi chamado para também ser guardião de Lissa, mas o que Rose não esperava e que além de lutar contra todos esses perigos, também terá que lutar contra seu coração.

“Se eu me permitir amar você, eu não vou me jogar para proteger a princesa. Eu vou me jogar para proteger você.”

A muito tempo já tinha me decidido por não ler essa serie, afinal a muitos vampiros a minha volta rs e imaginei que esse seria mais um livro de vampiro que se assemelhasse a qualquer um dos que já tinha lido antes, que não haveria surpresas, mas pelo contrário... esse livro foi ótimo!

Uma história diferente! Que te prende e você não consegue largar o livro. E o que tudo indica é que ficará cada vez melhor, pelo menos é isso que eu espero rs
A narrativa da Rose é muito empolgante, o fato de ela ser meio doida, querer quebrar as regras, sabe... não ser a mocinha perfeita, acho que isso deixou tudo ainda melhor. Ela é sarcástica, ágil... adorei!


“As pessoas não podem tratar as outras como elas querem e bem entendem”

Beijos 
Dri

03 julho, 2014

Na TV dos Leitores - O Grande Gatsby - 2013


Sinopse: Nick Carraway (Tobey Maguire) tinha um grande fascínio por seu vizinho, o misterioso Jay Gatsby (Leonardo DiCaprio). Após ser convidado pelo milionário para uma festa incrível, o relacionamento de ambos torna-se uma forte amizade. Quando Nick descobre que seu amigo tem uma antiga paixão por sua prima Daisy Buchanan (Carey Mulligan), ele resolve reaproximar os dois, esquecendo o fato dela ser casada com seu velho amigo dos tempos de faculdade, o também endinheirado Tom Buchanan (Joel Edgerton). Agora, o conflito está armado e as consequências serão trágicas.



Está foi a 4ª versão do livro para o cinema

Leonardo DiCaprio - Personagem: Jay Gatsby
Tobey Maguire - Personagem: Nick Carraway
Carey Mulligan - Personagem: Daisy Buchanan
Isla Fisher - Personagem: Myrtle Wilson
Elizabeth Debicki - Personagem: Jordan Baker
Jason Clarke - Personagem: George Wilson

Filme dirigido por Baz Luhrmann

Não assisti as outras versões, mas posso assegurar que está versão foi fantastica!
Creio eu que o Leonanrdo DiCaprio não se sugeitaria a fazer um filme ruim (não vi todos os filmes dele, mas dos que vi todos são excelentes).
A magica/ riqueza com que as cenas acontecem, nos levam a querer estar naquela luxuria, a ter ao menos umas vez a chance de passar algum tempo nos anos 20, em que se passa o filme.
A cada instante, o filme vai prendendo mais a nossa atenção.
Os atores foram todos incriveis, um filme digno de oscar com certeza, que não é para menos levou 2.
Oscar: Melhor Direção de Arte
Oscar: Melhor Figurino


Um filme lindo, tocante, que nos passas diversas emoções durante sua exibição.
Com uma trilha sonora e figurinos ótimos.


Um final surpreendente, pelo menos para mim.
Eu não li o livro e não esperava que pudessem finalizar a história da forma como ocorreu, mesmo em alguns momentos havendo indissios sobre.










Vale muito a pena assitir ao Grande Gatsby, se você ainda não viu, veja!
Você não irá se arrepender