08 agosto, 2014

Resenha - Entre O Agora e O Nunca - J. A. Redmerski

Título: Entre O Agora e O Nunca - Livro 01
Autora: J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 368

SINOPSE: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Cam é uma jovem certinha de 20 anos que já sofreu muito em diversos aspectos, o irmão está preso, os pais se divorciaram, o seu primeiro amor/namorado foi morto, e para completar briga com sua melhor amiga Nat.

“Apenas que ficar se prendendo e planejando é besteira – ele diz – Se você fica se prendendo no passado, não consegue seguir em frente. Se passa muito tempo planejando o futuro, você se empurra pra trás ou ficar estagnada no mesmo lugar a vida toda. – Seus olhos encontram os meus – Viva o momento – ele diz, como se estivesse dizendo algo sério – aui, onde tudo está certo, vá com calma e limite sus más lembranças e você chegará ao seu destino, seja qual for, muito mais rápido e com menos acidentes de percurso.”

Cam sempre se achou u pouco diferente te todos, nunca atendendo as expectativas que lhe eram destinadas e agora a sua discussão com Nat foi a gota d’água. Com aquela vontade desde sempre instalada dentro de si, Cam decide dar um tempo de tudo pegar um ônibus sem rumo e ver o que o destino lhe reserva. Na bilheteria da rodoviária se decide (vendo uma batata) comprar uma passagem para Idalgo.

Neste ônibus ela conhece Andrew. Um gato, charmoso e muito misterioso.

Os dois estão escondendo o jogo, mas aos poucos e tanto quanto involuntariamente vão se aproximando e ser o mais verdadeiro possível. Mas ambos escondem segredos que podem ser compartilhados. O que começa a fazer com que Cam tenha uma briga interna por promessas que deveriam ser cumpridas.

... – Todo mundo é desconhecido no começo, Andrew, mas nem toda mulher encontra um desconhecido que a salva de um estuprador e a leva pra conhecer o pai, que está morrendo, praticamente na mesma noite. Eu diria que você passou no teste da confiança faz algum tempo.”

Entre o Agora e o nunca é uma história que entra no gênero New Adult.

Não é uma história cheia de personagens, a na maioria da cena o que acontecem são diálogos.

A história é narrada intercalada entre os dois personagens centrais Cam e Andrew e isso acaba despertando uma curiosidade ainda maior a cada capitulo para saber qual o pensamento do outro referente ao que acabou de acontecer.

“Acho que tive medo de ser eu mesma a maior parte da minha vida.”

As descrições maravilhosas de algumas cenas também foram a chave para poder viver esta aventura junto com os personagens, foi muito fácil achar que estava presenciando algumas cenas.

A Autora usa um linguajar bem jovem e muitos palavrões, isso me preocupou um pouco, mas acabei acostumando e isso não me fez gostar menos da história. Acho q a ideia da J. A. Redmerski foi exatamente esta, deixar a história o mais próximo possível dos “jovens adultos”.

“... – Acho que quando você se apaixona, quando ama de verdade, é amor pra vida inteira. Todo o resto são só experiências e ilusões.”

Com esta história eu me diverti, ri muito, tive palpitações, me entusiasmei e até chorei. Me apaixonei mais a cada capitulo e muitas das vezes a aflição dos personagens também eram as minhas.

A história é intensa e cativante, rápida e fácil de ler.

Os fãs desse gênero New Adult irão amar!

“Coincidência é só o nome que os conformistas dão ao destino.”
Beijos

Dri

Um comentário:

  1. Olá, Dri
    Tudo bem?
    Esse livro é super legal mesmo, adoro ele. Fora que a capa é linda, sou apaixonada, tem um ar misterioso. Concordo plenamente com a resenha, livro maravilhoso!
    Beijos*-*
    Território das Garotas

    ResponderExcluir