30 setembro, 2014

Resenha - Diários de Stefan 3 - Desejo - L. J. Smith

Título: Diários de Stefan 3 - Desejo
Autora: L. J. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 176

SINOPSE:  Após ser traído por seu irmão, Stefan resolve fugir para sempre dele e de qualquer contato humano. Mas Damon está disposto a tudo para arruinar os planos do irmão, e, ao contrário de Stefan, ele não se importa com quantos humanos vai ferir pelo caminho. No entanto, uma força maligna e muito mais antiga do que os dois vampiros parece ter voltado à Terra, e os sobreviventes da família Salvatore vão se ver obrigados a deixar as desavenças em segundo plano.

Da ultima vez que esteve com seu irmão, Damon matou na sua frente a garota que Stefan amava e se não fosse por Lexi poderia também estar morto.

Agora Stefan está em Nova York e pretende ficar o mais distante possível dos humanos, e claro, de seu irmão Damon também, tudo isso para que ninguém mais morra e ele não tenha que acabar matando, ou sendo morto por seu próprio irmão.

Mas Damon não pensa desta forma e tem seu plano formado para destruir Stefan, porém uma força misteriosa surge e os irmãos Salvatore acabam se “unindo” temporariamente para tentar acabar com esse novo rival.

“Com mais clareza, vejo o sonhador curioso que eu era, e meu coração, se pudesse bater, se partiria pela criatura desprezível que me tornei.”

Para quem é fã da série de TV The Vampire Diaries, essa série de livros é essencial, uma ótima opção de leitura, afinal, conta a historia dos irmãos Salvatores antes dos dias atuais na serie de TV. E o bom é que é bem fiel a serie, não são iguais aos livros Diários do Vampiro que são diferentes em diversos aspectos da historia da TV.

Dentre os três livros dessa série, esse foi o que menos gostei.

A história é boa, tem toda uma trama que te prende aos personagens, mas eu acho que a história demorou um pouco para acontecer. A autora ficou muito tempo em uma parte que poderiam ter mais detalhes e quando os fatos começaram a se ligar, aconteceu tudo de uma vez.

“A lembrança e o luto não precisam ser tristes – observou a Sra. Sutherland – São simplesmente... o que são. Manter a vida deles presente na nossa.”

Alguns personagens na história como Margareth, por exemplo, deveriam ter sido mais abordados, entendo a essência dela, mais uma coisa ou outra acaba ficando meio vaga, tenho uma ponta de esperança que isso ainda possa acontecer em algum outro livro.

Gostei do fato de neste livro ter ficado claro que apesar do ódio que um irmão está sentindo pelo outro, eles também se amam, mesmo achando que não.

“– Devia ficar comigo, meu amigo. A vida pode ser doce, e não uma maldição.”

A forma como um acaba defendendo o outro mesmo querendo matar, é característico dos irmãos Salvatore.

Beijos

Dri

19 setembro, 2014

Adaptações Literárias- Maze Runner e O Doador de Memórias

Olá Pessoal!

Hoje venho falar para vocês de dois filmes que foram lançados este mês.
Dois filmes que estou curiosa para assistir

Ambos são adaptações de livros
Maze Runner - Correr ou Morrer

SINOPSE: Em um mundo pós-apocalíptico, o jovem Thomas (Dylan O'Brien) é abandonado em uma comunidade isolada formada por garotos após toda sua memória ter sido apagada. Logo ele se vê preso em um labirinto, onde será preciso unir forças com outros jovens para que consiga escapar.

Diteror: Wes Ball
Atores:

Dylan O'Brien -Thomas
Aml Ameen - Alby
Will Poulter - Gally
Kaya Scodelario -Teresa
Thomas Brodie- Sangster
Ki Hong Lee - Minho
Chris Sheffield - Ben
Patricia Clarkson -Ava Paige

Ainda não li este livro, e por isso não há como opinar referente aos personagens...  

A história me parece muito boa, o trailer , bem, não há como não parar e prestar bem atenção, parece ser uma distopia mais barbara, estilo Jogos Vorazes, com mais lutas e brigas
Claro que agora temos muitas histórias de distopias, mas como grande fã deste gênero estou curiosa para ler e assistir mais este filme.

Trailer




O Doador de Memórias

SINOPSE: Uma pequena comunidade vive em um mundo aparentemente ideal, sem doenças nem guerras, mas também sem sentimentos. Uma pessoa é encarregada a armazenar estas memórias, de forma a poupar os demais habitantes do sofrimento e também guiá-los com sua sabedoria. De tempos em tempos esta tarefa muda de mãos e agora cabe ao jovem Jonas (Brenton Thwaites), que precisa passar por um duro treinamento para provar que é digno da responsabilidade.

Diretor: Phillip Noyce
Atores:

Brenton Thwaites - Jonas
Jeff Bridges - Doador de Memórias
Meryl Streep - Anciã Chefe
Katie Holmes - Mãe de Jonas
Alexander Skarsgård - Pai de Jonas
Odeya Rush - Fiona
Taylor Swift - Rosemary
Cameron Monaghan – Asher

Terminei a pouco de ler este livro. Gosto muito de distopias e o Doador de Memória é uma distopia que teve seu começo parado, mas um final revelador.

O Trailer me chamou bem a atenção e espero que o filme seja bom.

Exceto por Fiona os atores que interpretarão os personagens ficaram de acordo com o que eu tinha em mente, vamos ver


Sobre o livro, conto para vocês um outro dia ;)




Também estão animados para assistirem a estes filmes?

Beijos 
Dri

16 setembro, 2014

Resenha: Se Eu Ficar - Gayle Forman

Título: Se Eu Ficar - Livro 01
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224

SINOPSE: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

Mia toca Violoncelo e não tem a menor ideia de o porquê iniciou e começou a amar tocar este instrumento.

Seus pais gostam mais do estilo Punk, seu pai teve uma banda de rock punk desde muito novo até um pouco antes de seu irmão que é 10 anos mais novo Teddy nascer. Mas Mia prefere o estilo clássico, e gosta principalmente de Beethoven.

Tem apenas uma melhor amiga, a Kim

Tem um namorado Adam que não combina nada com ela em questão de estilos, ele é integrante de uma banda “Shooting Star” de pop punk, guitarrista.

“Mas a Mia que está aqui, nesta noite, é a mesma por quem me apaixonei ontem e a mesma que vou amar amanha.”

Diversas diferenças muitas vezes levou Mia a achar que não com sua família, com Adam ou com Kim.

Em um dia que está tudo parado por conta da neve, e todos ficarão em casa, assim que as pistas começam a serem liberadas os pais de Mia acham que é um bom dia para ir visitar seus amigos e depois passar na casa de seus avós, já que as escolas continuaram fechadas, o Violoncelo de Mia está no colégio, e seus pais foram dispensados do emprego devido a nevasca.

“- As pessoas acreditam no que querem acreditar...”

Antes de chegarem ao seu destino algo acontece, o carro deles e atingido em cheio por um caminhão, Mia está ouvindo a música clássica de Beethoven e quando percebe está diante de si mesma estirada na pista.

“No começo, acho que está tudo bem. Primeiro porque ainda consigo ouvir Beethoven. Depois porque estou aqui, imóvel, numa valeta da estrada.“

Seus pais estão mortos Mia consegue perceber isso de cara, ela não encontrou Teddy, mas soube por socorristas que ele está sendo levado ao hospital, e ela, embora tivesse achado que estava morta, não está. Mia está sendo levada para o hospital de Portland.

Mia percebe que não morreu, e consegue ver a cena toda de fora do seu corpo, e não sabe o que precisa fazer, é o certo ela estar fora do seu corpo? Deveria tentar voltar? Deveria ir para outro lugar? Porque mais nenhum paciente está ali? Ela tenta passar pelas portas, paredes e não consegue, tenta se transportar para algum outro lugar e também não consegue, deveria conseguir?

“Não sei ao certo o que aconteceu comigo, e pela primeira vez no dia, não me importo nem um pouco. Não deveria me importar. Não deveria ter tentado tanto. Percebo agora que morrer é fácil. Viver é que é difícil.”

Agora Mia sabe que ela tem que se decidir... Deve ficar ou partir?

Um romance lindo! Emotivo. Que me prendeu desde o início.

Eu geralmente não costumo gostar de livros que ficam indo e vindo, normalmente ficam muito confusos, falando do passado do personagem e em seguida voltando para o presente, mas este não foi assim, gostei me afeiçoei e vivi os momentos e as lembranças junto com a Mia.

A forma como ela fica revivendo seu passado, lembrando os detalhes de sua vida, suas escolhas, as pessoas que faziam e podem continuar fazendo parte dela, tentando se decidir em partir ou ficar é tudo muito intenso, o que torna a leitura muito instigante e nos prende nessa história emocionante.

“Seu eu fica. Se eu viver. A escolha é minha.”

Eu indico este livro, principalmente para quem gosta de romance, histórias emotivas que envolvem a família.

Não vejo a hora de poder ler a sequencia e saber “Para onde ela Foi” o que tudo indica será até novembro deste ano \o/

Confiram também no Orelha de livro

Beijos

Dri

14 setembro, 2014

Game fotográfico literário


Olá Pessoal!

A partir de hoje inicia um game no Instagram Desafio Fotográfico Literário que foi feito em parceria entre os instagrans  @livrosleituras  @naestantedale  @papersbloodblog  @livros_sonhos_imaginacao  @rascunhosfemininos   e funciona da seguinte forma:

ü  A cada dia daremos 1 tema de foto literária para o dia seguinte (pra vocês terem tempo de tirarem a foto), ao todo serão 20 temas, em 20 dias, e eles precisam ser feitos na ordem e dia corretos.
Nós julgaremos criatividade, enquadramento e encontro com o tema.

ü  Ao final desses 20 temas/20 dias, faremos a contagem dos pontos e os prêmios serão divididos.
ü  Os três primeiros lugares: um livro surpresa (o primeiro ganhará um brinde a mais).
ü  Do 4° ao 10° lugar: 5 marcadores surpresa
ü  Do 11º ao 20º lugar: 1 marcador pela participação

   ü  As regras para participação são as seguintes:

1- Seguir no instagram, twitter e blog todos os instagrans parceiros.
2- Curtir as páginas de facebook de todos os parceiros.
3- Morar no Brasil.
4- Postar a foto no dia solicitado.
5-  A foto precisa ser de sua autoria.
6- Ao postar a foto, colocar a tag  #gamefotograficoliterario

11 setembro, 2014

Resenha: Enviada – Série Eternos - Sergio Pereira

Título: Enviada – Série Eternos
Autor: Sergio Pereira
Editora: Chiado
Páginas: 230

SINOPSE: Tudo havia se tornado turvo em minha mente. Talvez fosse mais um dos meus sonhos esquisitos. Porém, não era. Frederik perdera suas asas. Meu Anjo se fora para talvez nunca mais voltar para mim. Eu tinha que me convencer que ele estava realmente morto...

Angela Petre, uma doce garota de dezesseis anos marcada pela extrema preocupação de sua mãe em mantê-la sã e salva, sonha em encontrar seu par perfeito até conhecer Frederik, o primo de sua melhor amiga. Mas tudo leva a um rumo não imaginado por ela: Frederik é morto diante dos seus olhos em pleno Ano Novo. A tremenda mudança de rotina a leva a sair de Viena, na Áustria, para viver no Rio de Janeiro por ordem de uma misteriosa mulher, ou melhor, de um Arcanjo, que lhe conta toda a sua verdadeira origem e o porquê das suas mudanças repentinas de cidades e cidades. 
Na Cidade Maravilhosa, Angela conhece Dimitri Costa, seu mais novo amigo, que mais parece seu Anjo da Guarda e Gustav Reltih, um garoto misterioso que oculta em seus olhos negros um grande segredo que ela insiste em descobrir. Logo, os três formam um triângulo amoroso, então, ela se vê diante de uma escolha que nunca poderia dizer que faria um dia: escolher o Bem ou o Mal? Qual lado escolher e qual saber o certo? 

Ângela é uma garota de 16 anos, que vive em Viena, na Áustria, com seus pais. Ela tem a vida um tanto conturbada devido à alguns surtos e proteção excessiva de sua mãe, que não a deixa fazer praticamente nada e por conta disso ela vive praticamente aprisionada dentro de casa.

Os únicos escapes de Ângela são Lucia e Frederik.

Ângela e Lucia são melhores amigas quase como irmãs. E Frederik o maravilhosamente lindo primo de Lucia e namorado de Ângela que ela tem certeza, passará o restante de seus dias com ele.

“...Não me importei. Naquele momento senti um sentimento de perda ao abraça-lo. Eu não queria mais pensar em nada, mas era inevitável; a minha verdadeira intenção era congelar naquela calçada com ele e nunca mais voltar para casa e enfrentar mamãe.”

Mas Ângela percebe que as coisas estão ficando diferentes e então recebe uma visita inesperada onde descobre que é uma enviada, e que há renegados, magos negros, querendo matá-la e Arcanjos querendo defende-la.

É obvio que ela não acreditou em nada. Como alguém entra na sua casa e conta uma história louca dessas e você passa a acreditar em tudo? Mas depois de um terrível acidente com todos esses seres malignos perseguindo Ângela, ela passa a acreditar.

Agora Frederick está morto, apesar do que viu todos parecem ter presenciado outro tipo de acidente.

“Anjos da Guarda podem apaixonar-se por humanos? Demônios também?”

Percebe que talvez, o melhor para proteger os demais a quem ela ama, seja seguir o conselho de Loreta, voltar para o Rio de Janeiro, e Ângela acaba aceitando a proteção de Loreta.

Assim que chega ao colégio ela conhece Dimitri, um nerd que logo se aproxima e se torna seu primeiro amigo na cidade nova. Dali a alguns dias Ângela conhece Gustav um garoto com fama de problemático, que acabou de chegar ao colégio e que faz com que todas as garotas se derretam por ele e com Ângela não parece ser diferente.
Se envolvendo ou se afastando desses garotos  Ângela está em sua batalha entre o bem e o mal, e ela precisará fazer essa escolha entre fazer o que esta destinada a fazer ou fugir de seu destino.

“... – Eu posso estar quebrando as leis e ordens que recebi, mas eu não posso evitar deixar de amá-la.”

Gostei da história, acho que poderia ser mais explorada, alguns detalhes que acabei sentindo falta, mas como se trata do primeiro livro de uma trilogia imagino que possa haver mais detalhes nos próximos livros. O que espero que venha logo, por que o final ficou com gostinho de quero mais J

Muitas pessoas comentam “ah, histórias de anjos novamente?” Mas eu não penso assim, se a história é boa, pode haver milhares que eu vou ler e acredito que muitos leitores também. Mesmo sendo muito rotulada essa “coisa” de Anjo, acho que o Sergio conseguiu prender a atenção do leitor de uma forma positiva.

Quanto aos personagens eu esperava um pouco mais, o triangulo amoroso que tivemos foi bem parecido com diversos outros triângulos amorosos, com a luta entre o bem e o mal, senti falta de personagens um pouco mais marcantes.



Um livro rápido de ler, com uma quantidade de páginas excelentes para a trama.

A Capa é linda, não preciso nem falar nada! E as páginas amareladas são o que os leitores mais gostam, não é mesmo?! Incomodou-me um pouco alguns erros de gramática que encontrei durante a leitura, mas nada tão relevante.

Eu indico a leitura!

Para quem gosta de histórias de Anjos, Arcanjos, lutas e um belo romance não irá se arrepender.
Gostaram da resenha? Não deixe de comentar

O livro agora está sendo publicado pela Editora Selo Jovem

Beijos

Dri