20 março, 2015

Resenha - A Verdadeira Bela - Li Mendi

Título: A Verdadeira Bela
Autora: Li Mendi
Páginas: 159

SINOPSE: Nicole está prestes a entrar para uma agência de publicidade famosa e lá enfrentará o conflito entre a auto-imagem e a visão distorcida dos seus colegas a seu respeito. A pressão psicológica que acontece com bullying nas redes sociais será vencida por um grande amor, que surge para fortalecê-la e protegê-la de todos os preconceitos.

Fernando é admirado por seu dinheiro e poder, mas, no fundo, luta contra uma secreta baixa auto-estima. Com medo da própria imagem que forma no olhar do outro, ele se critica e se fecha. Até que um dia seu caminho se choca com o de Nicole e os dois aprendem juntos que o amor não é cego. Ele vê com clareza o que nem todos veem: a verdadeira beleza completa do ser amado.

Com muito bom humor, este livro irá tomá-lo do começo ao fim e envolvê-lo em uma estória que fala de um homem tentando entender o seu passado e de uma garota lutando pelo seu futuro. De repente, os dois se veem um de frente para o outro e descobrem a essência de um amor eterno.

Este livro conta a história de Nicole e Fernando, um casal que se conhece de uma forma muito interessante e inusitada.

Nicole está indo para uma entrevista de emprego, só que antes de chegar, decide parar no shopping para um almoço, porém acontece um pequeno acidente. Ela derruba sua bandeja com todo o seu almoço em um homem lindo, alto, sexy, e fica sem saber o que fazer.

“Eu sublimava no fundo da alma o meu platonismo, pois meu deusinho grego não se contentaria com uma garota simples como eu. Eu precisava achar defeitos nele logo!”

Toda embaraçada e depois de milhares de pedidos de desculpas, os dois decidem comprar uma camisa nova para Fernando e em seguida vão almoçar. Ambos têm uma conversa bem divertida e descontraída. 

Após o almoço, Nicole vai para a empresa e quando entra na sala para a entrevista, tenta fugir, pois percebe que o entrevistador e dono da empresa é Fernando, o homem com quem ela esteve até agora e contou em uma conversa animada, varias coisas que seu chefe não deveria saber. 

“(...) Quando gostamos de alguém, não nos prendemos ao que nos opõem, mas ao que nos completa. (...)”

Apesar dos pesares Nicole conseguiu o “emprego dos sonhos”, porém agora como assessora de Fernando, precisa lutar contra a paixão por seu chefe, que insiste em importuna-la. E deve ficar firme e forte mesmo estando despertando comentários maldosos entre os funcionários da empresa.

Seu serviço vai além da empresa, como assessora ela precisa organizar a agenda profissional e pessoal de Fernando, alem de tomar conta de seus trigêmeos de 7 anos.

“(...) Oportunidade é o que nós criamos com a vontade, o instante e os recursos que se tem. (...)”

Fernando por sua vez, vê em Nicole a Bela, uma mulher que não conseguiu amar em outras vidas e que agora com a ajuda das sessões de hipnose de Flora, descobriu que o seu problema com o amor.

Acontece que por tanto desespero de não ser correspondido, ou não achar o seu verdadeiro amor, Fernando pode acabar enfiando os pés pelas mãos.

“(...) A vida não é boazinha e nem sempre nos concede segundas chances! Será que eu não entendia essa lição de uma  vez por todas?(...)”

Uma história leve e gostosa de ler.
Quando menos se espera a leitura já acabou. 

Talvez, por ser um livro bem fininho, é impossível fecha-lo antes de terminar.
As situações vão acontecendo uma após a outra sem que você possa pensar em fechar o livro, pois a curiosidade só aumenta.

Assuntos muito importantes também foram abordados nessa história, como: bullyng em local de trabalho, o interesse financeiro das pessoas, a importância da família como base, principalmente para os filhos.

Uma história linda! Indicado para todos que gostam de um romance bonito, que envolve família e superação. 

Em algumas partes os personagens aparecem narrando os fatos interagindo com nós leitores, falando mais ou menos “vocês concordam leitores?”. Isso me desagradou um pouco, achei um meio que artificial. Eu estava bem entretida na história e de repente, foi como se tivesse tomado um choque com a realidade de que aquilo era um livro.

Outro ponto não muito satisfatório foi o fato de as páginas serem brancas, isso dificulta um pouco a leitura em minha opinião.


8/50

Não deixem de comentar ;) 
Beijos 
Dri



5 comentários:

  1. Olá, Dri. Tudo bem?
    Não é um livro que me mata de vontade para ler, mas achei bem interessante essas reflexões que ele traz. Livros que não fazem pensar em nada são vazios e sem sentido.
    Excelente resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de março. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dri!

    Eu não conhecia esse livro, pelo visto ele é mesmo bem envolvente e eu também não gosto dessa interação com o leitor.

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    http://www.wordinmybag.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu quero tanto ler esse livro! Vou comprá-lo ainda mês que vem, eu espero hahahaha Adorei sua resenha e até agora, não achei nenhuma crítica ruim sobre o livro da Li, que é uma fofa.
    Gostei da resenha!
    xoxo
    http://thoughtsandadventuresruhhbelle.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu já vi esse livro em vários blogs, mas nunca tinha lido a resenha, parece ser uma história bem legal e capa é muito linda, super fofa. Adorei a resenha, fiquei com muita vontade de conhecer a história.
    Beijos

    http://travelingbetweenpages.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Dri, não sei você mas, eu amei esse livro!! Li em uma noite!!
    Apaixonada pelo Fernando!!
    Hahaha
    Adorei a resenha flor, parabéns!!!

    *--*

    ResponderExcluir