22 maio, 2015

Resenha - Entre o Agora e o Sempre - J. A. Redmerski

Título: Entre o Agora e o Sempre
Autora: J.A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas:  302

SINOPSE: Entre o Agora e o Sempre - Camryn Bennett e Andrew Parrish nunca foram tão felizes. Cinco meses depois de se conhecerem num ônibus interestadual, os dois estão noivos e prestes a ter um bebê. Nervosa, mas empolgada, Camryn mal pode esperar para viver o resto de sua vida com Andrew, o homem que ela sabe que vai amá-la para sempre. O futuro só lhes reserva felicidade... até que uma tragédia os surpreende. Andrew não consegue entender como algo tão terrivelmente triste pôde acontecer. Ele tenta superar o trauma — e acredita que Camryn esteja fazendo o mesmo. Mas, quando descobre que Camryn busca sufocar uma dor imensa de uma forma perigosa, fará de tudo para salvá-la. Determinado a provar que o amor dos dois é indestrutível,  
Andrew decide levar Camryn numa nova jornada carregada de esperança e paixão. O mais difícil será convencê-la a ir junto... 
Com Entre o agora e o sempre, a aguardada continuação de Entre o agora e o nunca, J. A. Redmerski concluiu a história de amor que encantou milhares de leitores.


"...ambos sabemos o que queremos da vida. Podemos não ter os detalhes traçados, e não precisamos ter, mas ambos sabemos em que direção não queremos seguir."


A história poderia ter terminado no livro anterior, sério, na minha opinião não teria nenhum problema. Porém, entrando em contradição comigo mesma, eu adorei estar um pouco mais nessa história, com diversas emoções junto de Andrew e Camryn.

Depois de um acontecimento perturbador que aconteceu na vida de ambos, Andrew tenta ser forte, mas não tem a menor ideia de como ajudar Cam, que vai ficando cada vez pior.

Então Andrew arrisca tudo, decide que eles devem novamente fazer uma bela viagem, depois de muito custo convencer Cam e surpreende sua amada com atitudes para fazer com que ela supere e se veja livre dos fantasmas que lhe assombram.

O livro narrado em primeira pessoa, alternando, um capitulo de Andrew e um de Camryn faz com que a leitura seja muito rápida e envolvente.

"Acho que às vezes as melhores lembranças se criam nos lugares mais improváveis, mais uma prova de que a espontaneidade é mais recompensadora do que uma vida meticulosamente planejada, Do que qualquer coisa meticulosamente planejada."

Andrew é um modelo de companheiro! Não tem como não amar este casal.
Os lugares e cidades que eles visitam em suas viagens, só me dão cada vez mais vontade de partir e fazer um mochilão também.

Em diversos momentos, senti emoções fortes e distintas.
Risos e choros são o que te espera nessa leitura que é gostosa de mais.

Ainda tenho dúvidas de qual das histórias eu mais amei, as duas são sim uma lição de vida. Embora se for parar pra pesar a conclusão de ambas, fico com o final desse segundo volume, pois com certeza foi mais natural e possivel de acontecer.

As músicas citadas no livro são demais, fazem com entremos realmente no clima e ambiente da história.

"Prometo sempre amar você, em qualquer lugar do mundo ou de nossas vidas em que estejamos. Por que você é a outra metade de mim, sem a qual eu sei que não consigo viver."


Trilha sonora do livro (que eu achei perfeita)

Hotel California - Eagles
Laugh, I Nearly Died - Rolling Stones
Tip of My Tongue - Civil Wars
Birds of a Feather - Civil Wars
Barton Hollow - The Civil Wars
Edge of Seventeen - Stevie Nicks
Night Is the Notion - Dax Riggs
Dust in the Wind - Kansas  ( minha favorita) 



Não deixem de comentar ;)
Beijos 
Dri


7/50

Nenhum comentário:

Postar um comentário