30 julho, 2015

Resenha - Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo - Tais Cortez

Título: Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo
Autora: Tais Cortez
Editora: Chiado Editora
Páginas: 419


SINOPSE: Aos cinco anos, Victoria foi adotada por Ana, presidente de uma indústria de cosméticos, e Greg, um bem-sucedido advogado. Ela não entende por que não se lembra dos verdadeiros pais e não acredita na suposta causa da morte deles.
Ao completar quinze anos, estranhas mudanças começam a acontecer. Seus cabelos ruivos escurecem, ela se torna cada vez mais forte e rápida, seus sentidos ficam aguçados e alguns dos seus sonhos passam a ser premonições.
Após a visita de um casal peculiar, ela é levada para um mundo desconhecido e único, onde terá que aprender a controlar suas habilidades, frequentando aulas diferentes de tudo o que já viu.
Lá ela conhece Alex. A atração entre os dois é imediata, mas ele se recusa a se aproximar de Victoria e de qualquer outro aluno. Ainda assim, o destino se encarrega de uni-los e Alex passa a protegê-la e ajudá-la.
O que Victoria não sabe é que ele esconde um segredo que mudará sua vida, e que o passado pode estar mais perto do que eles imaginam...


"(...)Nós não sabemos por que existem Tubarões e Golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos(...)"

Golfinhos e Tubarões na verdade não nos conta a história do fundo do mar, sereias e nem nada parecido, como a principio, antes de ler a sinopse, eu havia imaginado.
Neste livro é Vicky, quem nos conta a história. Ela foi adotada aos 5 anos e não sabe nada sobre seus pais verdadeiros, apenas a causa da morte deles, uma doença. Ela não tem nenhuma lembrança deles e vive com essa grande tristeza.
Seus pais adotivos não lhe deixam faltar nada em questão de bens, mas amor e carinho não é algo muito costumeiro entre eles.
Após completar 15 anos, Vicky começa a perceber mudanças estranhas com seu corpo, seu cabelo muda de cor, ela se torna mais forte e mais rápida.
Ao completar 18 anos acaba ocorrendo um pequeno acidente em sua casa, e por conta da preocupação e do medo, Ana e Greg (seus pais adotivos) resolvem chamar especialistas para que possam auxilia-los.
Esses especialistas Vitor e Lisa, embora Ana e Greg não saibam, são de Aprendum, uma escola em um outro mundo, o mundo onde Vicky pertence, com alunos semelhantes a ela, com poderes a serem desenvolvidos e treinados.
Vicky embarca para esse mundo um pouco contra sua vontade e quando chega ao local tudo é novidade, e aos poucos ela percebe que aquele é provavelmente seu lugar. Ela faz alguns amigos e começa a conhecer melhor suas habilidades, embora ainda tenha muito medo delas.
E com tudo isso ela percebe que pode tentar descobrir algo sobre seus pais, porém ninguém sabe exatamente da história, e algo lhe diz que as pessoas que realmente sabem, estão lhe escondendo algo, que ela terá que tentar descobrir sozinha.
Como se isso já fosse pouco... Alex aparece em sua vida logo no primeiro dia de aula, e por alguma razão estranha, Vicky não consegue evita-lo, parece que uma força maior existe e ela acha praticamente impossível não se sentir atraída por ele.
O problema é: todos evitam Alex e ele evita a todos, mas Vicky não pretende deixar que as coisas continuem assim e com isso ela está a um passo de uma grande e poderosa revelação!

"(...)O outro mundo não se tratava mais de um local temporário onde eu poderia aprender e controlar minhas habilidades. Em Aprendum, eu tinha uma família."

Golfinhos e Tubarões é uma história de fantasia fantástica, que é fantástica! 
Embora eu pudesse ter finalizado a leitura em 2 dias tranquilamente, eu adiei, adiei muito, porque me apeguei por completo a alguns personagens e suas histórias e seria como dizer até logo a um amigo muito querido, que iria viajar por um bom tempo e eu  não queria. Ao mesmo tempo que eu queria terminar a leitura por conta da curiosidade e felicidade e todos esses sentimentos que nos fazem querer "devorar" um livro, eu não queria finalizar por todos os outros que eu já citei.

Vicky me encantou por não ser aquela tipica mocinha "chata", embora ela não tivesse noção do que a esperava a cada acontecimento, ela se envolvia de corpo e alma, o que as vezes era imprudente, mas me fez adora-la.
Ela e Alex (o casal central da trama) me tiraram muitos suspiros e me deixavam cada vez mais curiosa com o que poderia acontecer, e eu amei essa sensação maravilhosa de me apegar aos personagens <3

"(...) Dizer que estava apaixonada seria chamar de garoa o que, na verdade, era um dilúvio."

A Tais nos trouxe fantasia de uma forma cativante, onde temos medo, aventuras, dor e romance. 
Ela conseguiu misturar esses sentimentos todos em uma história eletrizante, que eu amei e me envolvi demais e queria que não tivesse fim.
Fico feliz em saber que ela já está escrevendo a continuação \o/
Sem contar na simpatia em pessoa que é a Tais Cortez =D

Eu  gostei tanto, mas tanto que não consigo expressar meu amor pela história.

Pensei em começar a leitura novamente assim que terminei, de tanto que gostei da leitura, e eu não costumo fazer isso, mas mesmo assim, já reli alguns trechos do livro depois de finalizado, pois não aguentei de saudade dos personagens rs

Golfinhos e Tubarões entrou para a minha lista de favoritos com certeza!!!

Agora fiquem com o vídeo (Resenha) sobre esse maravilhoso livro ;)



Ótimas leituras Beijos Dri

4 comentários:

  1. Driiiii,
    Eu já tinha amado o seu video-resenha, e a resenha escrita não ficou para trás! rsss
    Foi muito bom ler mais sobre suas percepções, principalmente sobre a Vic e o casal :)
    Fico muito feliz por vc tenha gostado!
    Obrigada pelo carinho!
    Q venha agora a continuação rss
    Bjsss e sucesso ao blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tais, linda! Fico muito feliz que tenha gostado de ambos!
      Eu realmente adorei!
      Aguardando o próximo, ansiosamente rs
      Beijos

      Excluir
  2. Já li o livro da autora e gostei bastante.
    Ela soube mesclar bem a questão da ação, dos mutantes (que me lembrou X-Men, algo que eu amo haha) e o romance.
    Eu que definitivamente não sou fã de romance sobrenatural aprovei a leitura. Sem dúvida é uma excelente pedida para quem procura um livro mais adolescente.
    Adorei a resenha!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo romance, mas mesmo assim também tive essa percepção, quem não gosta ou quem gosta de romance vai adorar!
      A Tais mesclou bem os assuntos, que com certeza agradará leitores de diversos gêneros
      Obrigada!

      Excluir