16 setembro, 2015

Resenha - Fascínio - Tânia Lopes

Título: Fascínio
Autora: Tânia Lopes
Editora: Todaletra
Páginas: 127


SINOPSE: A obra conta a história de Júlia, uma jovem mimada que está revoltada com o pai, um empresário com negócios em decadência. Num momento de crise, ela entra no escritório da empresa pronta para mais uma discussão. É neste instante que descobre que o patriarca tem um sócio: Nathan. Júlia sofreu forte impacto ao vê-lo, um homem charmoso, de personalidade forte, que exalava determinação, comando e poder. E o que ela não imaginava era que este homem iria revolucionar sua vida, arrastando-a em uma avalanche de emoções. “Fascínio” é um livro adulto que encantará, principalmente, as mulheres.

“- A educação pede que eu diga: “O prazer foi todo meu.” Mas, como notou, - agora era ela quem curvava o corpo para finalizar – não estou nem aí para o que chamam de “educação”!”.

Julia uma garota - mulher, rebelde, de 21 anos, que após voltar de um colégio interno na Suíça, onde ficou 4 anos, vive para desafiar o pai.
Um dia em um rompante de raiva, ela invade o escritório do pai brigando, com ele, porém para sua surpresa ele está acompanhado de seu novo sócio, o Nathan, um homem lindo, charmoso, que gosta de se impor.
Ao sair da sala de seu pai ela é levada por um segurança para uma sala que ela nem sabia existir, e lá quem está esperando por ela é o Nathan.
Os dois começam a discutir, quando Nathan tenta impor sua opinião a Julia e lhe dar uma lição de moral, porém a atração que surge entre os dois é muito mais forte, e ambos acabam se entregando ao desejo naquele momento.
Júlia nunca imaginou que a partir daquele instante sua vida mudaria drasticamente.
O que a princípio parecia apenas um imenso desejo, se torna uma intensa e conturbada paixão, que ambos tentam esconder de todos, inclusive deles mesmos.

“- Você não significou... – ele suspirou angustiado, percebendo que Júlia perdia a cor por estar interpretando erroneamente a frase suspensa – você... não significou apenas uma aventura, Júlia. Porém, há muito deixei de ser adolescente para me deixar iludir por uma garota mimada e egocêntrica como você! Entendeu?”

Logo de inicio eu fiquei bem irritada com a Júlia, por esse jeito turrão e mimado dela, mas ao decorrer da história, entendi melhor suas atitudes e me afeiçoei um pouco mais a "garota". 

Apesar do livro ser classificado como erótico, não há tantos detalhes nesse aspecto. E é uma história que pode agradar fãs de romances mais tranquilos também.

Eu acho que a Tânia poderia ter aboradado mais o assunto e ter deixado o livro um pouco mais longo, ter dado um pouco mais de páginas para que pudêssemos passar mais tempo no mundo de Júlia e Nathan.   
Mas isto é apenas um detalhe, que não faz diferença para o ótimo conteúdo da história.

"O amor é um jogo, meu irmão. Um jogo que não se deve perder, muito menos se sentir vencedor. O segredo é estarmos sempre empatados."

Fascínio é uma história rápida de ser lida, com ótimos acontecimentos, que faz da leitura uma trama maravilhosa. 
A Tânia conseguiu explorar pontos importantíssimos e nos surpreender com apenas 127 páginas!
Vale muito a leitura! 

Música linda que é citada no livro ;)

Against All Odds(Take A Look At Me Now)



Ótimas leituras 
Beijos 
Dri

8 comentários:

  1. Oi, Dri! Esse livro parece ser bem legal, mesmo com essa personagem que me parece ter seus "mínimos", acho que o modo como o romance é abordado, a fará crescer mais durante a leitura, amadurecer. Bom, eu estou dando um "tempo" em romances, mas tentarei lembrar de colocar este na wishlist ;) Beijos e ótima resenha.
    http://www.thoughtsandadventures.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não consigo "dar um tempo" de romances, sempre intercalo um romance com outro livro rs

      Excluir
  2. Gostei, Dri!
    Parece uma história bem legal.
    Agora, me diz: é em 3ª pessoa? :X
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom Line.
      Sim, é em 3ª pessoa, mas não fique preocupada rs a história fluiu numa boa ;)

      Excluir
  3. Oii Dri, tudo bem??
    Estive sumida por uns dias, acho que vou ter que escrever um livro e dar o nome de 'A Culpa é dos Vestibulares' kkkkk
    Mas enfim aqui estou novamente! <3
    Então Dri, eu amei a resenha, ainda não conhecia o livro nem a escritora, mas me interessei muito! ^^
    Bjoos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahah
      Vestibular é complicado mesmo...
      Que bom que voltou!
      A leitura é ótima!

      Excluir
  4. Oi Dri.. Parece bem legal. Quero ler!!
    Resenha ótima.
    bjs.

    ResponderExcluir