08 setembro, 2015

Resenha - Um Novo Amanhecer - Cinthia Freire

Título: Um Novo Amanhecer
Autora: Cinthia Freire
Editora:Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 376

SINOPSE - Giulia está arrasada! seu namoro chegou ao fim e ela não sabe o que fazer.
Leo está confuso e com medo, seu tempo está acabando e ele não quer magoar sua namorada.
Zyon é um anjo perdido e apesar de saber que está em uma missão na Terra, ele não tem idéia exatamente do que o aguarda.Em uma tarde chuvosa o caminho dos três se cruzam de forma trágica e comovente.
UMA GAROTA APAIXONADA
UM RAPAZ DOENTE
UM ANJO PERDIDO
Eles serão capazes de lidar com a força do verdadeiro amor?

“O que é importante vem da simplicidade do coração. Não precisa exibir, a gente sente.”


Narrado em primeira pessoa na maioria dos capítulos por Giulia, porém também temos um pouco de Zyon, e um momento com Leo. 

A história é intercalada entre o passado e o presente dos personagens Giulia e Léo, onde conhecemos melhor a história dos personagens, como  se conheceram e como chegaram ao momento que estão vivendo hoje.

Giulia se mudou, foi para uma nova cidade o que implica em um novo colégio. Imaginem a dificuldade de começar um ano letivo no ensino médio em outra cidade, sem conhecer ninguém. Pois é, Giulia passou por isso, mas para sua sorte, logo no primeiro dia conheceu Léo, o garoto mais popular da escola que estava ali pronto para ajuda-la.

Logo de cara os dois já começam a se dar bem e se tornam melhores amigos. Mas é claro que não parou por ai, ambos acabam se apaixonando e é ai que tudo começa. Um amor, puro e simples, o primeiro amor, forte e intenso.

Mas como nem tudo são flores, o destino aparece com uma horrível surpresa para ambos. E agora o Léo precisará lutar pela sua vida e Giulia deve ser forte, entender e tentar, talvez, passar por esse obstáculo.

''A esperança é uma coisa engraçada. Quando você deixa de acreditar ou deixa de esperar, algo acontece. É como se ela estivesse sempre ali, à espreita, aguardando o momento de surpreendê-lo depois de ter sugado toda a sua energia.''

É ai que Zyon aparece. O Anjo.
Zyon aparece no momento mais difícil da vida de Giulia, sem ela saber ele está lá. Ele a acompanha em todos os momentos, lhe dando força e apoio. 
Foi incrível acompanhar o amadurecimento de Zyon, um anjo que menosprezava os humanos e aos poucos vai conhecendo um pouco mais sobre a existência e os sentimentos dos seres que ele despreza.

Giulia uma protagonista forte e determinada com pensamentos profundos, e eu diria que bem maduros para sua idade. Acontece que muitos amadurecem com a experiência de vida e foi exatamente assim que eu senti a Giulia.

Léo o garoto carismático, o sonho de toda adolescente. Aquele protagonista que embora possa não se tornar o seu personagem favorito, é meio impossível não torcer para ele.

Zyon o anjo. Não sei nem o que falar sobre ele, apenas que foi o meu personagem favorito, fui gostando dele aos poucos, ele me surpreendeu e me fez adora-lo. Ele me lembrou o Anjo Seth do filme Cidades dos Anjos (um dos meus filmes favoritos), embora a história não seja igual, algumas cenas eram aqueles olhos que eu conseguia visualizar.

O Final foi jogada de mestre e por mais que tenha me matado de pensar o que poderia acontecer, não passei nem perto e foi ai que a história me ganhou de vez!

''Foi apenas um instante, tão rápido que para um ser humano não significaria nada. Mas, para mim, era o começo de tudo. Foi quando o relógio da minha vida começou a girar, quando minha existência passou a ser contada. Quando eu deixei de ser mais um para ser alguém!''

Eu acho que temos muitas histórias boas hoje em dia, mas para fazer uma história intensa como essa UAU! Você tem que ser fera!
Eu adoro esse tipo de história, que nos faz ficar sem ar, que faz o coração palpitar, enfim, aquele tipo de história que de repente você pisca e percebe que está em um livro e não vivendo de fato aquilo tudo.
Minha experiência com “UNA” foi assim, intensa e envolvente demais.
Este é aquele livro que queremos indicar a todos. 
Por mais que eu tenha sentido uma dor "real", foi algo maravilhoso e quero que o mundo todo vivencie essa emoção.
Uma história linda, triste romântica, e sim, muito comovente. 
Uma história que te faz odiar e amar na mesma proporção.

Posso dizer com certeza que “UNA” está entre os meus livros favoritos e sim, entre as melhores leituras do ano de 2015. Cinthia Freire, foi  fantástica em seu primeiro livro. Abordou um assunto delicado de uma maneira magnífica, onde não se parece nada com fantasia e nos faz refletir sobre ocasiões que acontecem em nossas vidas. Nos deu uma lição maravilhosa sobre amor em diversos aspectos. Uma escrita simples e rápida, envolvente e cativante.

“Meu carro estava repleto de flores! Pequenos dentes-de-leão estavam espalhados por todos os cantos. Segurei um deles na mão e encarei aquela pequena flor, tentando entender o que não tinha explicação. Aquilo era mesmo verdade. Eu tinha um anjo em minha vida.”

Música citada no livro <3




Confiram o vídeo resenha de "UNA" 



Ótimas leituras
Beijos Dri

4 comentários:

  1. Eu já li, e gostei muito. Confesso, até chorei.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é meio impossível não chorar rs
      É tudo muito lindo!

      Excluir
  2. Nossa fiquei bem curiosa com a leitura já tinha visto esse livro mas nunca tinha lido nada sobre ele, gostei !
    beijos, Thainá

    ResponderExcluir