11 novembro, 2015

Resenha - Emmi & Leo: A sétima onda - Daniel Glattauer

Título: Emmi & Leo: A sétima onda - Emmi & Leo # 02
Autor: Daniel Glattauer
Editora: Suma de letras
Páginas: 168

SINOPSE: Em @mor, o escritor e jornalista austríaco Daniel Glattauer se utiliza dos princípios dos romances epistolares – trocas de cartas – com uma roupagem contemporânea: o contato virtual. Ao contar a fortuita atração mútua entre os jovens Leo Leike e Emmi Rothner por meio de conversas por e-mails e os sentimentos que desenvolvem um pelo outro, o autor utiliza pontos de vista alternados para contar uma inusitada história de amor.
Emmi & Leo: a sétima onda é a sequência dessa história tão intrigante quanto inusitada e que surgiu por erro de endereçamento no envio de um email. Na atual etapa, Leo Leike retorna de Boston após uma longa ausência, e é recebido por uma caixa de emails lotada de notícias de Emmi Rothner. O sentimento dos dois não mudou, e eles reiniciam a troca de mensagens. Só que agora Leo está namorando a americana Pamela, e Emmi continua casada. A orgulhosa Emmi e o tímido Leo nunca estiveram tão próximos, e ao mesmo tempo tão distantes.
Daniel Glattauer reconquista os leitores e a crítica internacional com seu peculiar olhar sobre as relações amorosas dos tempos atuais. A prova do fenômeno editorial da dupla de romances: @mor e Emmi & Leo foram traduzidos para quarenta idiomas e tiveram 64 montagens teatrais na Alemanha e Áustria.

"A verdade sobre nós? Você tem uma família que está em seu coração, um marido que te ama e um casamento que ainda pode ser salvo. E eu tenho uma relação que está em construção. Cada um de nós tem o seu futuro. Só que nós, juntos, não o temos. É esta, a realidade, a verdade sobre nós, querida Emmi."

Após muito tempo sem se falar, Léo retorna de Boston e é bombardeado pelos e-mails de Emmi que está desesperada para conversar novamente com Léo. Acontece que agora Léo está em um relacionamento sério com Pamela e Emmi continua casada com Bernhard, mas mesmo assim ambos querem, precisam e decidem se encontrar e é a partir desse momento que suas vidas podem mudar drasticamente.
Comecei a ler o livro bem entusiasmada, tanto que li em e-book. O que não acontece sempre, pois não tinha um aparelho especifico para isso e a leitura era feito no computador mesmo.
Acontece que quando finalizei o primeiro livro "@mor", eu amei!Fiquei encantada com a forma e abordagem que o autor utilizou para um livro que a história toda se dá com conversas, com diálogos através de e-mails, e é claro eu fiquei muitíssimo curiosa para iniciar a leitura desse segundo volume. Porém, esse segundo volume "A Sétima Onda" não foi tudo que eu esperava, mas pior do que isso, ele foi bem menos do que eu esperava. Ele é praticamente a mesma premissa do livro anterior, o problema que eu vi com isso, é que não teve inovação, houve, claro acontecimentos diferentes, mas em muitos momentos parecia que eu estava lendo o primeiro livro e não o segundo... enfim, foi ficando um pouco monótono, parecia que eu já sabia o que aconteceria e era dito e feito.
Adoro livros que tem muitos diálogos, mas mas mesmo assim esse livro foi massante :(

"Pensas que não te vejo, que não ti sinto. Engano. Puro engano. Quando te escrevo, seguro-te bem junto a mim."

Fiquei muito triste pelo livro não ter atendido as minhas expectativas, mas há pontos positivos. A diversidade de palavras que o autor utiliza é muito bom, a forma como os personagens se interagem e como ele nos fez gostar dos personagens. 
Acredito que seja realmente muito complexo escrever um livro com apenas dois personagens e com a grande parte dos acontecimentos em trocas de e-mails.
Acho que se o autor tivesse estendido um pouco mais o primeiro livro e não feito dois livros, a história e minha opinião também seriam bem melhores.
Apesar dos pesares é um excelente livro, quem gosta de muitos diálogos irá adorar! É só naõ ir com tanta sede ao pote no segundo volume ;)

Ótimas leituras 
Beijos Dri

Nenhum comentário:

Postar um comentário