25 fevereiro, 2016

Resenha - O Resgate de Maria Metálica - Lorena Rocque

O Resgate de Maria Metálica
Autora: Lorena Rocque
Editora: Chiado
Páginas: 151
Avaliação: 3/5
Onde Comprar: ChiadoCultura  

SINOPSE: Maria Quitéria, uma bruxa do bem, foi enviada ao submundo, para resgatar uma prisioneira muito especial e poderosa, Maria Metálica. Ela se encontrava no castelo de um mago negro há muitos anos. E era chegada a hora de sua libertação.
O leitor fará uma viagem às profundezas da Terra, onde conhecerá as artimanhas do mal e os desafios vividos pelas personagens nas diversas cidades do submundo. Também verá como agem as forças do bem. 

“A menina possuía no dorso de sua mão esquerda o nome MARIA METÁLICA tatuado em azul.”

Ao contrario do que eu imaginava, Maria Metálica não é a personagem principal da história e sim, Maria Quitéria. 
Maria Quitéria, é uma bruxa, que pratica o bem e é enviada ao submundo, para resgatar uma prisioneira, a Maria Metálica, que está no castelo de um mago muito poderoso.

Gostei das descrições sobre como a bruxa sabia controlar os 5 elementos: Terra, Ar, Água, Fogo e o Éter.
Os seres descritos, que foram surgindo ao longo da história.

"(...)Quitéria geralmente se apresenta como uma linda jovem, de olhos claríssimos e hipnóticos. É fascinante e exala um perfume de flores que encanta profundamente quem dela se aproxima. (...)"

A autora nos levou para uma trama que é mais voltada para o infanto juvenil, porém conseguiu prender a nossa atenção para saber o que iria acontecer.

Eu apenas senti falta de mais diálogos, o que na minha opinião, faz a história fluir melhor e ficar mais envolvente.

O universo criado pela autora foi bem abordado e diferente de todos que eu já havia "conhecido".

É uma leitura rápida, o livro tem poucas páginas e, tem uma boa diagramação.


Ótimas leituras 
Beijos Dri

21 fevereiro, 2016

Resenha - Templo de Gelo - Mundo Angelical - Débora Knittel e Érica Falcão

Templo de Gelo - Mundo Angelical - Eclipse da Lua Azul # 2
Autoras: Débora Knittel e Érica Falcão
Editora: Solisluna
Páginas: 240
Avaliação: 4/5
Onde Comprar: Solisluna - Saraiva 

SINOPSE: "Um amor dividido entre dois mundos"
Holly e Celino, apesar de se amarem, precisam aprender a lidar com as diferenças entre os seus respectivos mundos. Afinal, ela é humana e ele... um anjo.
Ao buscar os pertences deixados por John no Museu da Quinta da Boa Vista, Holly conhecerá Pedro, um atraente estudante de arqueologia. Esse encontro reacende o desejo de Holly de fazer a viagem que planejara com John, o falecido pai que ela tanto amava. 
Quando Celino se afasta de Holly para desvendar um mistério do Mundo Angelical envolvendo Helena, anjo do Templo do Amor, a situação entre ele e Holly piora. Celino precisará da ajuda do anjo Lavínia, que está detida no Templo da Rendição, por ter se aliado a Bérberus, servidor fiel do Senhor das Trevas.
Nesta história, amor, lealdade, desejo e traição se entrelaçam, despertando sentimentos que poderão abrir ou selar feridas há muito adormecidas. Cada ser deve fazer sua escolha e o mal pode estar em qualquer lugar... Então, cuidado para não despertá-lo. 

"(...) o amor nos permite expressar quem nós somos e nos deixa livres para que possamos seguir nosso destino."

Este livro é o segundo volume da trilogia. 

Aqui nos deparamos com uma Holly, apesar de ainda mimada, um pouco mais independente, porém essa natureza dela, em deixa-la sempre teimosa, acaba que colocando a garota em perigo.
Temos um novo personagem na trama, o Pedro, jovem, charmoso e pronto para ajudar Holly, porém um tanto quanto enigmático. Holly acreditando um pouco em sua bondade, acaba aceitando sua ajuda para conhecer lugares incríveis.

Ao mesmo tempo em que acompanhamos as aventuras de Holly, Celino faz de tudo para salvar sua amiga Helena que acaba junto das trevas, com Bérberus.

Infelizmente nesse livro não temos tanto contato com a Maiara e com o Kamim, mas nem por isso a história deixa de ser fantástica. 

"(...)Todos os dias a luz e as trevas lutam dentro de cada um de nos, talvez essa seja a batalha mais dificil de travar(...)"

Eu fiquei maravilhada com os lugares descritos nessa história, as descrições que foram feitas da Chapa Diamantina, foram tão incríveis, que fiquei com vontade de ir explorar o local assim que terminei a leitura.

A diagramação do livro é ótima, as páginas amareladas, as letras não são tão pequenas, o que se torna muito confortável para a leitura. A maneira como as autoras descreveram os lugares, a natureza... além de nos deixarem alucinados para conhecermos os locais, ainda conseguiram transmitir toda a calma e positividade que um lugar lindo como este pode nos proporcionar.

Uma leitura rápida, gostosa, envolvente e claro com um drama que nos deixam aflitos. Tudo na medida certa!

Ótimas leituras 
Beijos Dri

14 fevereiro, 2016

Resenha - Sanctum - Madeleine Roux

Sanctum - Asylum # 2
Autora: Madeleine Roux
Editora: Vergara & Riba
Páginas: 384
Avaliação: 4/5
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

SINOPSE: Visões e Vozes. As lembranças do verão passado, vividas no alojamento Brookline do New Hampshire College, são as mais aterrorizantes da vida de Dan, Abby e Jordan. Uma experiência traumática que eles querem esquecer. Porém, seguir em frente não será uma opção. Alguém quer manter vivo aquele terror. Os três jovens estão recebendo cartas anônimas com palavras enigmáticas e fotos de um antigo parque de diversões. Para dar fim nesse pesadelo, eles irão se disfarçar de candidatos e voltar por um fim de semana ao campus do NHC. E, ao chegar lá, eles vão descobrir que aquele parque das fotos não só é real como também voltou a funcionar. Agora, a capa pista que tentam desvendar, Dan e seus amigos descobrirão segredos ainda mais sombrios do que haviam imaginado. Além de correrem muito mais perigo. Para se salvar, eles não poderão perder o controle.

"(...) Se para ele tudo tinha acabado? Não de jeito nenhum. Os sonhos continuavam, mais assustadores do que nunca, e muitas vezes o diretor em pessoa marcava presença.(...)"

Bem melhor e intrigante que o primeiro livro, "Santcum", é a continuação de "Asylum", e vai nos levar de volta ao mundo de Brookline.

Apesar de já terem se passado algum tempo, Dan ainda é atormentado por pesadelos e na tentativa de desvendar todo o enigma e com a impressão de que as coisas não ficaram bem resolvidas ele, Abby e Jordan disfarçados, com o interesse em uma vaga na Universidade, voltam a Universidade.

Eles achavam que seria um pouco mais fácil, pois agora eles conhecem um pouco mais da história, imaginam que sabem o que esperar e tem "pistas", porém a cada capitulo percebemos o temor e o medo assombrando eles, nada acontece como eles previram e eles precisarão mais uma vez desvendar esse mistério e se manterem vivos.

"(...)Passou a sentir um vazio em sua existência, um mistério pessoal que precisava ser resolvido."

Dan é fisgado diretamente ao passado daquele lugar sombrio, e assim como no livro anterior aos poucos vamos percebendo e recebendo as respostas.
Acontecimentos e fatos soltos do primeiro livro, vão criando mais forma neste segundo livro, uma nova descoberta surge e com ela toda uma trama envolvendo uma sociedade secreta, até o então, inexistente.
Esse livro me prendeu e me deixou muito instigada a continuar a leitura. 
Os personagens agora estão menos infantis e levam mais a sério toda essa aventura. 

"(...) - Nós sabemos que o diretor usava o Brookline como seu brinquedinho particular, mas e se não fosse só ele? E se ele tivesse envolvido com esses Scarlets?"

Assim como no livro anterior temos fotos em preto e branco, fotos assustadoras relacionados as descobertas dos personagens.
Esse livro nos trás um pouco mais de "medo", a história nos prende e nos deixa angustiados, querendo saber o que vai acontecer, mas ainda assim, não classificaria como terror.


Ótimas leituras 
Beijos Dri