20 março, 2016

Resenhas - A última Era - O líder dos homens - Carlos Fleury

A Última Era - O líder dos homens
Autor: Carlos Fleury
Editora: Selo Jovem
Páginas: 260
Avaliação: 3/5
Onde Comprar: Selo Jovem

SINOPSE: Existe a lenda de que uma grande catástrofe aconteceu no passado distante transformando completamente o mundo e levando novamente a humanidade à tecnologia que dispunha no que conhecemos um dia como idade das trevas. É um lugar diferente, com outra história e com novos atores lutando no palco principal.
A saga se inicia em Cevir, uma das poucas cidades livres ainda fora da influência do grande império de Arkan. Victorius, um misterioso homem, volta à cidade para resolver pendências que havia deixado. Envolto em eventos sinistros desde seu estranho nascimento quando a noite foi mais longa que o normal ele pretende retomar o comando de uma importante organização militar e iniciar seu caminho de batalhas. Suas atitudes e motivações mostram tratar-se de um sujeito complexo com uma sede incomum por combate.
Enquanto isso descobertas arqueológicas começam a levantar perguntas sobre o passado do mundo. A ciência e principalmente a religião tem um papel muito diferente do conhecido. Não existem igrejas, capelas, mesquitas ou quaisquer casas dedicadas a um ou mais Deuses. Exceto em uma região do sul do império de Arkan onde um homem que se denomina o Revelador insufla no coração da população o seu conceito de fé a ponto de adquirir influência suficiente para fazer frente ao próprio Imperador.
A última força desse intricado quadro é também a mais discreta. Uma sociedade secreta composta por diversos espiões chamados Sentinelas observam e reportam o que veem em diversas partes do mundo. O grau de influência e poder que possuem são aos poucos apresentados e pode-se constatar que definitivamente serão um adversário poderoso ao maior império da época.
Victorius começa suas conquistas na região das cidades livres em uma luta que parece particular, Arkan e a sociedade secreta travam um conflito silencioso por poder e influência buscando se conhecer antes de um confronto aberto e mais e mais descobertas arqueológicas vem à tona revelando um pouco a cerca do passado. Esses três arcos principais se entrelaçam por toda a trama em uma constante que certamente terminará em ponto em comum: a última guerra dos homens.


"Bem aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nelas estão escritas; porque o tempo está próximo".


Neste primeiro livro da trama temos muitas informações que nos levam a conhecer melhor os personagens e a entender melhor o mundo onde irá se passar a história.

Temos tantos detalhes que fica muito mais fácil entrarmos de cabeça na história.

A história se inicia com a arqueóloga Diana, que encontrou um livro do passado e precisa ser mantido em segredo, e o que tudo indica é muito poderoso e perigoso.


Em uma época em que tudo foi destruído, não existe tecnologia e religiões, mas existe o Revelador, um homem que está conquistando muitos seguidores, e está envolto de mistérios. 


Temos também Arkan e seu império que deseja conquistar as cidades, entre estas cidades, está Cevir. A cidade do guerreiro chamado Victorius.
Victor é um guerreiro valente que está retornando a Cervir para conquistar novamente seu posto,  mas desde o inicio percebemos que um mistério assombra Victor e isso desde seu nascimento,  aos poucos descobrimos que ele esculta vozes e tem visto algumas "pessoas", mas será isso um bom, ou, um mau sinal?
Nessa trajetória de volta a Cervir Vitor tem a companhia de Rulf e de Tood. Seu grandes amigos.

"Somos os senhores de nossos destinos, acima de todos e tudo. Lembre-se disso"

Uma história cheia de ação, lutas e acontecimentos. Rica em detalhes.
No inicio da leitura estava um pouco receosa, estava demorando para pegar o ritmo, mas após alguns capítulos, foi tudo muito rápido.
Cheio de personagens bem construídos, envolta de uma era medieval muito bem elaborada.

Para quem gosta de um cenário medieval com guerras e seres sobrenaturais, este é o livro.

Ótimas leituras 
Beijos Dri

Um comentário:

  1. Ooi, Dri! Tudo bem?
    Eu achei a sinopse um pouco confusa, mas depois de ler sua resenha, pareceu-me mais clara =D Eu gosto de ler livros de ação, aventuras, lutas, com aquele ar medieval, então eu acho que a leitura iria fluir, só que estou na fase de ler somente um gênero, entende? Aí eu deixo a dica passar, apesar de que eu ainda verei mais desse livro =)
    Parabéns pela resenha!
    Beeijos

    http://www.thoughtsandadventures.com.br

    ResponderExcluir